quinta-feira, 23 de abril de 2009




Cacto

Aquela rua de pedras
guarda a dor dos meus surrados versos
de solidão e cacto.

Maria Maria

5 comentários:

Nirton Venancio disse...

Maria Maria, é tanta poesia boa pra se ler!

Patrícia Lara disse...

Olá, Maria...

Passando para matar as saudades desse cantinho delicioso que vc fez.

Parabéns! Pela inspiração e pelas belas imagens.

Um grande abraço,
Patrícia Lara

Guru Martins disse...

...acho que
de voce
ela sabe
bem mais
do que isso
conta...

bj

Rosangila Romanin disse...

"a dor dos meus surrados versos"...adorei esse blog. Amo poesia e estou aprendendo a escrever...meu blog é roserom.blogspot.com
Beijos!!

Rosangila Romanin disse...

"a dor dos meus surrados versos"...adorei esse blog. Amo poesia e estou aprendendo a escrever...meu blog é roserom.blogspot.com
Beijos!!